• Quest Comunicação Total

O que é identidade visual e por que ela é importante para seu negócio


Você já parou para pensar no que constitui a comunicação de uma empresa? Antes mesmo de criarmos uma página nas mídias sociais ou pensarmos em anúncios de rádio e televisão, é preciso entender quais são os valores de sua empresa, o que ela pretende oferecer como diferencial e como comunicar isso ao público interessado. A identidade visual é um dos recursos utilizados para isso, mas ainda gera muitas dúvidas entre empreendedores. 


Marcas são lembradas pelas experiências, produtos e serviços que oferecem aos seus clientes. Porém, por maior que seja a qualidade desses benefícios, eles podem não ser percebidos se a empresa não fizer a devida apresentação deles. Não basta que as companhias sejam lembradas: é essencial que elas se diferenciem dentro de um conjunto de valores que trazem vantagens para a vida das pessoas. Nesse sentido, ter uma boa identidade visual é fundamental para quem quer se apresentar de maneira sólida e profissional no mercado. 


A identidade visual permite que a sua empresa se destaque em relação à concorrência, trazendo força para as mensagens que ela pretende veicular. Se você quer entender mais sobre o papel desse aspecto para o seu negócio, acompanhe o que nós preparamos a seguir!


O que é identidade visual?

A identidade visual pode ser definida como o conjunto de elementos formais que representam, de maneira sistematizada e visualmente, um nome, um produto, uma empresa, ideia, serviço ou instituição. A base para tudo isso parte da criação de um logotipo, que pode ser entendido como um símbolo visual. Dessa maneira, a identidade representa, de forma visual, os conceitos, valores e pensamentos da empresa. É vital, portanto, que ela seja expressiva, de modo a exercer impacto repentino sobre o observador. 


Antes da criação do logo, há o olhar atento sobre a empresa, o que geralmente ocorre na fase que empreendedores nomeiam como planejamento estratégico ou formulação de um plano de negócios. Se você não sabe para onde deseja ir, dificilmente determinará meios assertivos. Portanto, a formulação de uma identidade visual está sempre contextualizada em uma estratégia, o que demanda clareza por partes dos empreendedores e um bom diálogo com a equipe criativa encarregada pela formulação da identidade. 


Quais elementos constituem a identidade visual?

Existe uma série de elementos responsáveis pela comunicação da missão, visão e valores de uma instituição. 3 deles são fundamentais: 


Cores 

As cores são um dos aspectos mais fortes da identidade visual. Pensemos, por exemplo, nas seguintes empresas: Pepsi, Coca-Cola, Spotify, Banco Itaú e Tiffany. Você certamente lembrou-se das cores atreladas às representações visuais dessas empresas, certo? Isso ocorre pelo número de significados atrelados a elas, bem como aos efeitos psicológicos que elas exercem. Por causa dos filmes e dos comerciais, todos sabemos o que significa receber uma caixinha em cubo da Tiffany.


Além desse repertório cultural, existem os aspectos simbólicos que herdamos de geração em geração. O amarelo nos remete à alegria e à energia dos raios solares. O laranja aguça o potencial criativo. O azul, usado por uma boa parte das redes sociais, indica o respeito e a sobriedade. O vermelho nos deixa em estado de alerta, remetendo também ao estado de paixão.


Tipografia

A tipografia diz respeito às fontes tipográficas que ajudam no entendimento de uma marca e criam autoridade junto ao cliente. Uma boa fonte prioriza, sobretudo, a escaneabilidade. Ela deve ser lida e comunicar, visualmente, as intenções da empresa.


Lembre-se da fonte tipográfica da revista Vogue, por exemplo, que nos indica, rapidamente, valores de sofisticação e presença forte.


Logo

O logo é uma representação visual que almeja o reconhecimento imediato de uma marca. Ajuda a fortalecer a imagem de sua empresa, mas necessita de um bom trabalho em marketing para que ganhe esse potencial. 


Manual da identidade

O manual da identidade corporativa é o que permite que a empresa não se perca nos pontos de contato com o público. Ele define diretrizes para o uso da marca e deve ser considerado desde as primeiras etapas da criação da identidade da organização. Ele se responsabiliza por manter os valores, a visão e os conceitos da empresa alinhados e inclui direcionamentos quanto ao uso de cores, espaçamento, fontes tipográficas, recomendações para nomes, entre outros. 


Com um manual de identidade, você mantém a qualidade das suas peças. Fica também mais fácil comunicar os seus valores, o que aprimora a coerência no atendimento, nos produtos e serviços ofertados e na postura dos colaboradores. 


Em um contexto de alta competitividade, a necessidade de comunicação e visibilidade torna-se cada vez mais forte. Quando você explicita as suas mensagens ao público, encontra pessoas que se identificam com elas e atraem oportunidades e parcerias para a sua empresa.


A identidade visual deve representar o que a sua empresa está vivendo. Isso significa que ela não deve prestar satisfações somente aos valores internos da companhia, mas também ao que acontece entre o público consumidor e no mercado. Entender o que se passa no mundo é essencial para formular uma identidade visual de impacto.


Qual é a diferença entre marca, branding e identidade visual?

O mundo do design e da comunicação é repleto de jargões que podem causar alguns mal-entendidos. Branding, marca e identidade visual, por exemplo, ainda são erroneamente utilizados como se fossem uma coisa só.


O branding ou gerenciamento de marca é o responsável por criar um relacionamento entre o cliente e a empresa. Ele vai além da identidade visual ou do logo, englobando uma série de estratégias para fixar os valores da empresa na mente das pessoas. Para tal, ele considera fatores como:

  • posicionamento da empresa no mercado;

  • confiança e credibilidade;

  • relação com o consumidor;

  • relação com os stakeholders;

  • o valor agregado da marca;discurso, entre outros.


A marca, por outro lado, carrega os valores da empresa para o público. Ou seja, ela vai além do logo, carregando também outros instrumentos para construir a narrativa da empresa no mercado.


A identidade visual, finalmente, é o conjunto de elementos que representam visualmente um conjunto de valores, serviços, produtos e discursos que pretendem posicionar a empresa no mercado e diferenciá-la das demais.


Quando você se posiciona firmemente diante de seus consumidores, cria autoridade e fixa-se na memória das pessoas. Você aumenta, assim, o seu potencial de recomendação e a sua presença nos negócios, ganhando mais argumento com fornecedores e stakeholders. 


Agora que você já sabe a importância da identidade visual para a sua empresa, está na hora de entender como as estratégias de comunicação operam pelos seus resultados, especialmente quando trabalhadas de maneira integral e alinhadas. Confira as vantagens de contratar uma agência full service e colha mais prosperidade para seu negócio. 

75 visualizações