• Quest Comunicação Total

Afinal, o que é SEO? Veja tudo o que você precisa saber!



Uma das grandes ambições dos profissionais que trabalham com marketing digital é conquistar as primeiras posições nos mecanismos de busca. Porém, estar presente na internet não é o suficiente para assegurar que o blog ou site consigam um lugar na primeira página do Google.


Logo, é preciso investir em uma estratégia específica a fim de otimizar os resultados para conquistar um bom posicionamento. Essas otimizações são chamadas de SEO. Neste texto vamos falar mais sobre o que é SEO!


A concorrência pelas posições nos buscadores têm ficado cada vez maior com as organizações vivenciando esse período de transformação digital. Atingir bons rankings nas páginas de resultados pode estar mais ao seu alcance do que você imagina.


Continue acompanhando para que você entenda o conceito de SEO e confira tudo o que deve saber para conquistar um excelente posicionamento! Aproveite e boa leitura!


1. Entenda o conceito de SEO

Podemos definir SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização para mecanismos de busca, em português) como sendo o processo de otimização de um blog, site e conteúdo para que os motores de busca possam ter preferências pelas páginas, inserindo-as no topo dos resultados para as buscas de certa palavra-chave. Logo, o processo envolve três agentes:

  • os mecanismos de busca, lembrando que é o Google em 90% das vezes;

  • você, realizando otimizações de sites;

  • o usuário, realizando a pesquisa.


Sendo assim, para fazer SEO é preciso ter em mente esses públicos: o Google e o usuário. Desenvolver essa técnica apenas pensando nesse buscador certamente vai ser um fracasso. Afinal, o buscador sempre vai escolher os resultados que melhor responderem à necessidade dos usuários. Então, pensar no usuário sempre em primeiro lugar é imprescindível para um ótimo ranqueamento.


Veja como funciona: caso você tenha um artigo que fale sobre como fazer pão e você queria que o Google mostre você como um dos melhores resultados para os que buscarem pelo termo “pão”, SEO vai ser a mágica que você precisa trabalhar para fazer com que o buscador insira o seu artigo como um dos melhores resultados assim que um usuário buscar por aquele termo.


2. Para que serve esse método de otimização

Ao começar uma campanha de otimização no seu site, você vai poder perceber que a melhoria no posicionamento para as palavras-chave da sua empresa é diretamente proporcional ao número de acessos que vai receber, além, é claro, de gerar também maior visibilidade para o negócio e um retorno em conversões no site.


Há vários tipos de objetivos em um site. Por exemplo, para um e-commerce, o propósito maior é gerar vendas, enquanto para um blog é que os visitantes leiam os posts.


Então esses objetivos podem ser diversos, como cadastro, downloads, vendas ou, até mesmo, cliques em determinadas partes do site. A otimização de seu site, independentemente de seus objetivos e da sua área de atuação, vai permitir que chegue a ele um público segmentado conforme as suas expectativas.


3. A importância de implementar o SEO em sua estratégia de marketing digital

Ter um site e páginas a respeito do seu produto na internet é o passo inicial e fundamental para trabalhar as estratégias de marketing digital. Esse é melhor método para manter contato com o público, e um canal de marketing constante. Porém, afinal, como o SEO se relaciona a isso?


É bem simples de entender: o SEO é indispensável para otimizar as páginas, tornando-as atrativas. A organização do conteúdo e da informação, a hierarquia da informação e o uso das palavras-chave são relevantes para que a empresa seja encontrada por uma quantidade maior de pessoas.


Nesse caso, a análise de SEO é um passo essencial, pois ele vai afetar diretamente a quantidade de visitantes e a sua relação com os mecanismos de pesquisa relevantes, como o Google.


A principal e importância do Search Engine Optimization no marketing digital é garantir visibilidade. Simples assim. Logo, é algo necessário, e que quando é trabalhado da melhor maneira possível, pode trazer grandes frutos. Por isso, vale muito a pena potencializar os seus resultados dentro do marketing digital.


4. As 7 melhores práticas de SEO

Se você quer saber como alavancar a sua estratégia de SEO e conquistar rankings melhores nos buscadores, confira essas 7 práticas infalíveis!


4.1. Escolha a palavra-chave certa

Parece básico? E é mesmo, mas esse é um detalhe muito relevante e que muitos deixam passar. É preciso buscar a palavra-chave certa! Ela vai ser sempre a que está relacionada à sua persona, que vai solucionar o problema dela e que tem chances reais de rankeamento.


Porém, afinal, como encontrá-la? Veja algumas dicas:

  • utilize long tail keywords;

  • opte por palavras de nicho, ou seja, mais específicas;

  • faça a busca e procure analisar a SERP (Search Engine Results Page, que em português significa Página de Resultados). Os resultados deixam a desejar? As páginas encontradas são ruins? O Yahoo Respostas é um dos primeiros resultados? Já pode iniciar a produção do seu conteúdo.


4.2. Analise os primeiros resultados da busca antes de produzir o conteúdo

Uma excelente ideia para compreender o que as pessoas estão procurando é observar os primeiros resultados da busca, em português e também em inglês, afinal, é interessante entender quais são as tendências do mercado no exterior também.


Após essa análise, você vai ser capaz de encontrar pontos em comum e questões ainda não respondidas para que você possa estruturar um conteúdo mais completo. Busque entender o que esses conteúdos oferecem e aproveite as ideias. Coloque-se sempre no lugar da persona: há algum ponto que está demais? Falta algo ali?


4.3. Faça URLs amigáveis

As URLs tendem a funcionar como um endereço da página na internet. Assegure que elas sejam amigáveis, isso significa que devem ser fáceis de ler e de memorizar.


É fundamental, ainda, que as URLs sejam atemporais, permitindo a atualização de conteúdo sem que seja preciso mudar a URL.


4.4. Atualize seu conteúdo

Já ouviu falar sobre atualização de conteúdo? Bom, ela é uma relevante estratégia em SEO. Afinal, não adianta somente publicar uma grande quantidade de conteúdo, se os posts anteriores acabam se tornando obsoletos e ultrapassados.


Só porque o seu conteúdo é evergreen não quer dizer que ele vai durar para sempre. Pelo contrário: é preciso entender que ele precisa ser atualizado para ser evergreen. Os usuários sempre veem a atualização de conteúdo de modo positivo, e é claro que o Google também, lembrando que é ele que impacta diretamente nos rankings.


4.5. Delete conteúdos que levem seu site para baixo

O conteúdo que você postou há muito tempo certamente não é tão bom quanto aquele que você posta atualmente. E, com o passar do tempo, é comum que haja posts inconsistentes e que apresentem temáticas bem similares ou ainda que não são importantes mais para o seu site.


Quando a atualização dos conteúdos não é suficiente, é o momento de desapegar e excluir os conteúdos que estão levando o site para baixo.


4.6. Faça títulos e descrições incríveis

Quando você busca um termo no Google, vários resultados aparecem, como é esperado. Dois fatores influenciam na decisão do que clicar: a descrição da página e o título. Normalmente, o usuário passa o olho de forma bem rápida por eles para descobrir se a página vai oferecer o que ele deseja. E, a partir disso, ele clica ou não.


Descrições bem feitas e bons títulos influenciam diretamente na taxa de cliques (CTR), que é uma métrica muito importante para o Google rankear conteúdos.


Portanto, procure investir seu tempo pensando na descrição e no título de cada página. Seja objetivo e demonstre o conteúdo da página e as vantagens que ela tem de forma bem clara.


4.7. Seja visual

Imagens, vídeos e infográficos devem fazer parte da sua página. Ser visual é uma grande urgência nos dias de hoje. Conteúdos visuais são memorizáveis, compartilháveis e ainda podem ser ótimas formas de conseguir backlinks, aparecendo em outras áreas dos mecanismos de busca, como vídeos e imagens mais bem ranqueados.


Procure investir nisso, pois os usuários vão gostar, além disso, você vai atingir mais pessoas e, de quebra, vai ter muitas chances de conquistar posições.


5. 4 motivos para você aplicar técnicas de SEO no conteúdo

O marketing de conteúdo tem sido uma estratégia fundamental no marketing digital. É um modo de oferecer valor ao público e conquistar visibilidade, no entanto, também uma maneira de atrair pessoas. Por isso, os mecanismos de busca são os seus maiores aliados.


Se uma pessoa está em busca de algo, e você oferece a resposta, você precisa ser encontrado. Apenas fazer um conteúdo bom não basta, se ele não é lido. Ele deve atrair pessoas e, claro, demonstrar o valor da marca. Veja alguns motivos para aplicar técnicas de SEO no conteúdo!


5.1. Investir no que é realmente seu

Você já parou para pensar em qual é o seu maior patrimônio na internet? Bom, a melhor opção é o seu site, afinal, é ele que vai ficar com você durante o tempo que o seu negócio estiver ativo, é lá que as pessoas vão conhecer quais as vantagens da sua empresa, o que você faz e o que tem de melhor a oferecer.


E quanto às mídias sociais? Elas são importantes nos mais variados pontos da estratégia de marketing digital, mas não são seu patrimônio. Já imaginou se você tivesse investido um valor muito alto apostando no Orkut? Certamente o que parecia ser claro poderia ser um grande desastre.


Investir em SEO é investir naquilo que é seu, portanto, é apostar em seu maior ativo na internet, podendo colher os frutos de um árduo trabalho, porém muito valioso.


5.2. Ser a referência que o usuário busca

Quanto mais os seus conteúdos estiverem nas primeiras páginas, é claro que maior vai ser a sua autoridade no setor em que atua. Pessoas buscam por soluções de problemas, conteúdos relevantes, dicas para melhorar a sua rotina e muitas outras informações. E se nesses casos as buscas foram relacionadas a temas com os quais empresa atua, certamente a marca que ela vai ver como referência de mercado vai ser a sua.


Não adianta somente produzir conteúdo, é necessário estar sempre alinhado a técnicas de ranqueamento para que o seu site possa estar sempre à frente dos concorrentes, ou seja, é preciso investir em SEO sempre.


5.3. Conquistar espaço na 1ª página do Google

Estar na primeira página do Google não significa que o seu negócio presta um serviço melhor ou que tem um produto de mais qualidade. Estar entre os primeiros é afirmar que o seu trabalho de SEO tem sido bem feito e que o conteúdo é relevante.


No entanto, para o público que usa a internet para pesquisar e que é mais leigo, a sensação que se passa é a de que o Google tem apontado você como um dos melhores do mercado. A empresa pequena e a grande disputam juntas o mesmo mercado. Ou seja, mais um motivo para investir em SEO.


5.4. Aumentar as visitas do seu site

Estar nas primeiras páginas dos buscadores significa mais visitas. Otimizar o seu site vai fazer com que a sua navegação passe a ficar bem mais fácil e que o seu conteúdo seja ainda mais atraente e rico. O resultado de tudo isso são: novas conversões no site, aumento no volume de buscas, mais Leads para se relacionar, além de muito mais oportunidade de novos clientes.


Conteúdos parados, sem uso de técnicas de SEO e sem atualizações, não vão gerar acessos recorrentes e vão perder a relevância ao longo do tempo.


6. TOP 5 tendências de SEO para os próximos anos

Confira as principais tendências de SEO!


6.1. Início da indexação móvel

Uma porcentagem considerável de tráfego online é gerada por celulares. O Google passou a fazer a indexação em dispositivos móveis e a classificar os sites baseando-se na experiência do usuário de smartphone.


Esse aparelho vai ser indexado se um canal de vendas online contar com versões para desktop e mobile. Um website que não seja compatível com aparelhos móveis vai perder força e tráfego nesse cenário.


Logo, um dos passos iniciais é utilizar a plataforma de testes para aparelhos móveis do Google e verificar se a sua página é otimizada para smartphone ou não. A plataforma vai informar as etapas que você pode seguir, caso o seu site não esteja nos parâmetros.


6.2. Velocidade da página

O Google deseja oferecer a melhor experiência para seus usuários. Portanto, o tempo de resposta de uma página tem se tornado fator de classificação para os dispositivos móveis. Utilize o relatório de velocidade para fazer melhorias.


As páginas móveis aceleradas (AMPs) asseguram a melhor experiência ao usuário, já que carregam trinta vezes mais rápido. Twitter, Google e demais marcas lançaram esse projeto de código aberto com o objetivo de tornar as páginas móveis extremamente rápidas.


6.3. Blockchain e IA

A palavra de ordem neste ano é Blockchain. Apesar de essa tecnologia ser mais famosa no campo da criptomoeda, tem sido muito útil em muitos departamentos: em cibersegurança, rastreamento de cadeias de suprimento e transformação do espaço de automação de marketing.


O blockchain altera de modo essencial a forma como os dados são rastreados, afinal, a sua tecnologia faz uso de um registro seguro e transparente, com transações que não podem ser modificadas.


6.4. Pesquisa por voz

Cada vez mais pessoas têm utilizado assistentes e dispositivos inteligentes como Siri e Alexa. O que parecia apenas ficção científica já é realidade, com computadores que compreendem a fala das pessoas.


O SEO de busca por voz vai ganhar força este ano. Espera-se que muitas consultas no aplicativo para dispositivos móveis do Google e em dispositivos Android sejam feitas por voz. Por isso, uma empresa deve empregar o SEO de pesquisa por voz se pretende ter êxito em um recurso tão promissor.


6.5. Relevância do conteúdo

As URLs com maior relevância de conteúdo tendem a conquistar as primeiras posições nos resultados do Google. Agora, caso não atendam às expectativas do usuário, certamente não vão chegar lá.


É importante compreender que o segredo não está na extensão do conteúdo, mas na profundidade e na qualidade da abordagem. Textos com muitos detalhes e envolventes, provavelmente vão continuar a dominar em 2019.


7. 3 principais ferramentas de SEO

Hoje em dia, há uma variedade de ferramentas de SEO, as quais podem ser usadas a seu favor. As três em especial que vamos comentar aqui são: Keywordtool.io, Keyword planner (planejador de palavras-chave do Google) e SEMRush.


Todas as ferramentas serão fundamentais para a identificação, busca e análise de expressões que possam representar ótimas oportunidades para o tema.


7.1. Keywordtool

O Keywordtool.io é usado para encontrar variações de determinadas palavras-chave. Hoje em dia, pode-se dizer que essa é uma das melhores ferramentas para essa tarefa.


7.2. Keyword planner

Ao usar a ferramenta do Google Adwords, você consegue encontrar ideias de palavras-chave e, claro, o volume de buscas mensal de cada variação disponível.


Depois de inserir o termo cujas variações você pretende receber na tela principal do site, você só vai precisar selecionar o motor de busca que quer que seja analisado, assim como a língua da busca.


7.3. SEMRush

Essa é uma incrível ferramenta, mas é preciso deixar claro que ela é paga. O SEMRush, apesar de ser pago, apresenta um limite de cinco consultas no dia de sites ou palavras-chave, que é totalmente gratuito.


Além de entregar uma análise muito completa de palavras-chave, variações e termos relacionados, o SEMRush também oferece uma opção que possibilita espiar a concorrência.


8. Como uma agência pode ajudar nas estratégias de SEO

Uma estratégia de SEO correta não é realizada por apenas uma pessoa, sendo preciso, portanto, uma equipe completa, com muitas áreas envolvidas. Programadores, designers, produtores de conteúdo e muitos outros profissionais são indispensáveis para que as ações sejam eficientes.


É por isso que o mais indicado é contratar uma boa agência especializada nessa área. Até porque essas empresas contam com profissionais extremamente capacitados e qualificados em suas equipes, os quais estão sempre em busca de atualização, realizando cursos para que possam acompanhar as novidades do marketing digital.

Confira algumas técnicas que uma agência pode desenvolver para aprimorar as estratégias de SEO:

  • desenvolvimento de conteúdo;

  • planejamento de palavras-chave;

  • estratégias com base em resultados mensuráveis;

  • otimização na estrutura e design dos sites;

  • utilização de ferramentas avançadas;

  • foco em resultados;

  • economia de dinheiro e de tempo.


9. Aprenda a escolher e usar corretamente as palavras-chave

Um ótimo método para iniciar a sua estratégia é criando uma lista com termos ligados ao seu nicho de mercado. Um exemplo: se você tem uma escola, pode levantar expressões como técnicas de estudo, educação infantil, metodologias de ensino, preparação para o vestibular etc. O ideal é que haja uma lista extensa com as palavras-chave relacionadas ao seu negócio e ao que o seu público está pesquisando.


Assim que encontrar as suas principais palavras-chave, você perceberá que as expressões mais genéricas apresentam um enorme volume de buscas. Logo, escolher aquelas que são mais procuradas é bem mais vantajoso? Bom, nem sempre é assim. Somente 30% das buscas são para as expressões genéricas, conhecidas como head tail. Então, o restante é para busca de resultados bem mais específicos, os long tail.


O usuário que faz uma pesquisa sobre “Enem”, sem dúvida, pode estar em busca do local de prova, pela inscrição, gabarito ou até por memes. Não é nada qualificado, certo? No entanto, se a pesquisa for a respeito do “curso preparatório para o Enem”, certamente a busca é mais qualificada e o usuário está procurando algo que você vai poder ajudar.


Portanto, é preciso ter bastante cuidado na hora de escolher termos muito abrangentes. Prefira sempre os mais específicos, uma vez que trazem tráfego qualificado e, claro, são muito mais fáceis de rankear no Google.


Contudo, afinal, como fazer a própria pesquisa no Google? Bom, o passo inicial é elencar as suas palavras mais genéricas, que vão dar origem aos termos específicos. Em seguida, você vai poder usar ferramentas para analisar o volume de buscas orgânicas. Algumas ferramentas gratuitas são Google Trends e Google Keyword Planner.


Além de constatar se os termos escolhidos são realmente procurados, as ferramentas podem oferecer ideias de outras expressões importantes para o negócio.


Agora que você já sabe o que é SEO e que as estratégias são essenciais para que o seu site chegue ao topo das buscas, não se esqueça de que toda ação precisa de um excelente planejamento, incluindo análise do comportamento da concorrência e do seu público. Portanto, não deixe de contar com a ajuda de profissionais qualificados, como os de uma agência de comunicação!


Gostou do texto sobre SEO e gostaria de continuar aprendendo com os nossos conteúdos? Aproveite então para baixar o nosso ebook “O guia definitivo do Marketing de Conteúdo” e saber mais sobre o assunto!

24 visualizações