• Quest Comunicação Total

Afinal, o email marketing ainda funciona? Descubra que sim!



Na era das redes sociais e mensagens instantâneas, o email pode parecer algo batido, mas você sabia que o email marketing ainda funciona e é responsável por algumas das melhores conversões entre as estratégias de vendas?

O email marketing se baseia no uso do email como uma ferramenta de marketing direto. Ele é feito por meio de plataformas online que permitem análise de relatórios, elaboração de layouts personalizados e promoção de campanhas otimizadas.

Apesar de ser extremamente eficiente, o email marketing vem sendo pouco lembrado devido ao uso desenfreado por parte de algumas empresas, que transformaram esses emails em sinônimos de spam. Além disso, algumas técnicas de marketing digital, como posts em blogs corporativos, também colaboraram para que essa ferramenta ficasse em segundo plano.

Existem, ainda, alguns mitos que afirmam, de forma incorreta, que o email marketing não funciona. Essa ideia se fortaleceu com o uso crescente dessa ferramenta por meio da compra de listas de emails, por exemplo. Sem um público engajado e interessado em determinado conteúdo, é compreensível que os emails não gerem conversões e tenham sempre um número alto de pessoas marcando-os como spam.

Entretanto, enquanto alguns acreditam que o email vem sendo abandonado, dados comprovam o contrário. De acordo com a Statista, em 2016, o Gmail chegou a 1 bilhão de usuários ativos no mundo todo. Além disso, é preciso ter uma conta de email para se cadastrar em inúmeros sites e criar novas contas para adquirir produtos e serviços, o que só comprova a importância do email atualmente. 

Pensando nisso, separamos 6 benefícios do email marketing e explicamos por que ele deve fazer parte do seu planejamento estratégico!


1. Gera retornos importantes

O propósito de toda estratégia de marketing, além de fornecer algum tipo de conteúdo e fortalecer a imagem de uma marca, é aumentar a taxa de conversão de clientes. O email marketing é uma das ferramentas mais eficientes para compreender em quais etapas do funil estão os clientes e para alavancar as vendas. 

Um estudo feito pelo E-commerce Brasil mostrou que 90% das empresas ainda investem em ações de marketing via email. 65% dos entrevistados disseram que o email marketing está gerando ROI (retorno de investimento) e que continuarão investindo ou aumentarão o investimento. 

Ou seja, o email marketing ainda funciona e gera retornos expressivos, o que mostra que não é preciso abrir mão de seu uso para investir em outras estratégias digitais. É possível fazer um planejamento que inclui tanto o email quanto as mídias digitais. 


2. Pode ser utilizado por qualquer tipo de produtos ou serviços online

O email marketing não é exclusivo dos grandes negócios, muito pelo contrário; pequenos negócios já estão conseguindo ver os benefícios e continuam a investir de forma constante nessa ferramenta.

Diversos blogueiros, por exemplo, enviam newsletters com os principais posts do mês, oferecem cursos voltados para seus nichos, enviam textos para aumentar o engajamento com seus leitores etc.

Desse modo, pequenas iniciativas também podem fazer uso do email marketing para se aproximar de leitores e aumentar sua influência, seja ela relacionada à venda de algum produto ou serviço ao aumento de sua propriedade a respeito de determinado assunto.

Como existem diversas plataformas de automação de marketing e serviço de email marketing gratuitas, qualquer negócio online pode encontrar alternativas para se comunicar diretamente com seu público e aumentar sua taxa de conversão de leads. 


3. É uma ferramenta de comunicação direta

Nos últimos anos, as redes sociais se mostraram canais poderosos de propaganda e interação com o público geral. Elas ajudam a encontrar e cativar um nicho, além de serem capazes de viralizar informações de forma quase imediata. Entretanto, é preciso que exista um público engajado e que se interesse em acompanhar o conteúdo de forma diária para não perder nada. 

O email é capaz de atingir o público de forma direta, uma vez que a informação chega na caixa de entrada e se mantém ali até que seja lida ou excluída. Ou seja, exige alguma ação por parte do receptor da mensagem, o que garante que, mesmo que não seja lido por todas as pessoas da lista de emails, causará algum efeito sobre elas.

Assim, o email marketing é uma forma de fazer com que o conteúdo chegue até a pessoa sem que ela precise fazer qualquer esforço para receber uma informação. Ele informa, promove determinado serviço ou produto ou simplesmente se mostra presente no cotidiano do público ao fornecer conteúdo com frequência. 


4. Fornece mensurações muito eficientes

As mensurações fornecidas por meio das plataformas de automação mostram que o email marketing ainda funciona e deve ser explorado nas estratégias de comunicação de uma marca. Essas ferramentas online apresentam dados detalhados sobre o comportamento do público e sua resposta aos emails enviados. 

É possível verificar quantos cliques em links internos o email obteve, quais foram os links mais acessados, quais usuários são mais ativos e respondem melhor ao conteúdo do email, qual a taxa de abertura do email etc.

Essas mensurações permitem que você compreenda quais assuntos despertam mais o interesse dos inscritos em uma newsletter, por exemplo, e ajudam a direcionar melhor futuras ações de marketing. Além disso, elas mostram quais produtos são mais acessados, fazendo com que você consiga entender oscilações no número de vendas após o envio de um grupo de emails. 

É possível pensar no conteúdo que será enviado no próximo email de acordo com o perfil do público e nas métricas apresentadas pelas ferramentas de mensuração, tornando seu planejamento estratégico ainda mais eficiente. 


5. Tem alto poder de conversão

De acordo com o estudo da E-commerce Brasil, a taxa de conversão do email marketing é de 2,53%. Apesar de parecer pouco, esse número representa a melhor taxa de conversão em vendas entre os meios digitais. Isso comprova como o email marketing ainda funciona, e funciona bem. 

Um segundo estudo mostrou que as estratégias de email geraram, apenas em 2016, um retorno de investimento de 4300%. De acordo com a pesquisa do ExactTarget, houve, de maneira geral, um retorno de R$ 44,00 para cada real investido em email marketing.

Levando em conta a comunicação direta com as pessoas de um nicho, a facilidade de uso e as mensurações detalhadas, não é difícil entender por que o email marketing ainda funciona como uma ferramenta de conversão eficiente. 


6. Oferece conteúdos ricos

Como mencionado anteriormente, o email marketing é uma poderosa ferramenta de comunicação direta com o público de uma marca ou de um negócio. Isso significa que ele pode (e deve) ser usado para fornecer conteúdos ricos para seu público.

Fornecer um email para uma empresa é uma forma de demonstrar confiança no serviço e representa interesse em saber mais sobre determinada marca. É preciso valorizar aqueles que se dispõem a receber seus emails e fidelizá-los por meio de informações interessantes e diferenciadas.

E-books são alguns exemplos de conteúdos que podem ser disponibilizados com exclusividade via email. Além disso, entrevistas com pessoas de renome em determinado ramo, promoções exclusivas, cupons de desconto e pesquisas de satisfação também podem ser incorporadas às estratégias de email marketing da sua empresa e ajudam a se aproximar ainda mais do seu público-alvo. 

Viu como o email marketing ainda funciona como uma das principais e mais eficientes formas de comunicação com o público de uma marca? Ele oferece uma comunicação direta, fornece mensurações importantes, tem uma boa taxa de conversão e possibilita mais interação e aproximação do seu público. 

Entendeu por que é necessário incluir o email no seu planejamento estratégico? Deixe um comentário compartilhando suas experiências com essa ferramenta!

74 visualizações